#senador tucano

17 de setembro de 2017, 14h17

Aécio Neves incólume, quatro meses depois da JBS

Além da irmã e do primo (que ele, se quisesse, poderia matar) presos e da popularidade ao rés do chão, pouco ou quase nada de prático aconteceu ao senador tucano até agora.