#siderúrgicas

22 de dezembro de 2013, 19h03

O desenvolvimento que se sente no ar

Como as siderúrgicas colocaram Rio de Janeiro e Açailândia, no Maranhão, na mesma luta