#Silvio Tendler

28 de março de 2017, 10h00

Há 49 anos era assassinado pela ditadura o estudante Edson Luís

Em 28 de março de 1968, há exatos 49 anos, no auge da ditadura, o assassinato dos estudantes Edson Luís e Benedito Frazão Dutra no restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro, desencadeou uma das maiores manifestações contra a ditadura e teve como consequência o Ato Institucional Nº 5 e o endurecimento do regime.


10 de outubro de 2014, 15h24

Privatizações: a Distopia do Capital é o novo filme de Silvio Tendler

“Imagine cidadão, que o ar que você respira agora no Raso da Catarina pode estar sendo vendido em Cingapura ou as águas do rio Amazonas, que há milênios correm no mesmo leito, passarão a ser chamadas de blue gold - ouro azul - e passariam à propriedade de meia dúzia de empresas que vão tentar te convencer que a água paga é melhor do que o livre acesso de água para todos”, questiona um dos trechos do documentário


29 de outubro de 2013, 23h00

Latuff e Tendler: solidários diante da perseguição

Em 29 de março de 2012, houve uma “celebração” no Clube Militar do Rio de Janeiro, dos 48 anos do golpe militar de 1964. Diante disso, a sociedade civil organizada articulou-se para protestar em frente ao local do evento.


19 de setembro de 2013, 09h23

Latuff e a lista dos antissemitas

Como a estratégia de associar posições contrárias às políticas israelenses ao ódio contra judeus é utilizada para desqualificar quem se opõe ao governo de Israel


04 de agosto de 2013, 11h18

Três filmes políticos para o fim de semana

“Dossiê Jango” é eficiente, porém previsível. “Hanna Arendt” articula, em grande estilo, filosofia e amor. “Bela que Dorme” debate política, moralismo e Vaticano


02 de janeiro de 2013, 21h34

Silvio Tendler: “Antissionista, sim; antissemitas, não”

O cineasta se solidariza com cartunista Latuff que aparece em lista da organização Simon Wiesenthal


08 de agosto de 2007, 14h33

Tendler e as respostas de Milton Santos à globalização

O documentário dirigido por Silvio Tendler, demonstra a urgência de uma outra globalização, por meio da análise de Milton Santos.