#Slavoj Žižek

29 de maio de 2018, 14h54

Mais de 300 intelectuais assinam manifesto pela libertação de Lula

Nomes como Thomas Piketty, Leonardo Padura, Angela Davis, Noam Chomsky e Slavoj Žižek apoiam o ex-presidente: “processo kafkiano”


zizek critica capitalismo
29 de maio de 2016, 12h30

Žižek e a tragédia dos combates moderados

Em seu novo livro, filósofo esloveno investe contra um multiculturalismo piedoso porém impotente. Diante da catástrofe, diz, ou desafiamos radicalmente a ordem social, ou não haverá futuro Por Nuno Ramos de Almeida, no Outras Palavras É difícil entender o que em Slavoj Zizek é simples provocação e aquilo que é sério, até porque o filósofo esloveno […]


19 de fevereiro de 2016, 08h54

Žižek: A insustentável leveza da vulgaridade

Acusações e ideias que estavam até agora confinadas ao obscuro submundo da obscenidade racista e do lamaçal xenofóbico estão agora ganhando respaldo nos discursos oficiais. E Donald Trump é a expressão mais pura dessa tendência de aviltamento de nossa vida pública


zizek critica capitalismo
28 de outubro de 2015, 13h21

Zizek: superar capitalismo, ou viver em mundo triste

Para filósofo, nada garante que revoluções derrubarão ordem atual: tudo depende de nossos gestos. E ações mais radicais são, às vezes, as que parecem menos heróicas


09 de outubro de 2015, 15h03

Zizek vê ideologia como arma crucial do capitalismo

Em “Violência”, filósofo tenta dissecar dispositivos que, em nome da “paz”, levam sociedades à pior brutalidade — que consiste em considerar “normal” o inaceitável Por Bruno Lorenzatto, no Outras Palavras – Resenha de Violência, de Slavoj Zizek Editora Boitempo, São Paulo, 2014 – Irredutível crítico do capitalismo, a trajetória intelectual do filósofo esloveno Slavoj Zizek […]


08 de agosto de 2015, 09h58

Žižek: Violência policial e violência divina

Em uma situação na qual a polícia deixa de ser vista como o agente da lei, protestos contra a ordem social predominante também tendem a tomar forma de uma explosiva “negatividade abstrata”, violência crua e desprovida de objetivo. Será que eles não seriam casos contemporâneos exemplares do que Walter Benjamin chamou de “violência divina”?


07 de julho de 2015, 09h45

Zizek: Atenas e o possível retorno da política

Agora, decisões estratégicas baseadas em poder são disfarçadas sob suposto conhecimento técnico, negociadas em segredo, impostas sem qualquer consulta democrática. O “não” grego pode mudar isso


01 de junho de 2015, 11h44

Igor Fuser: O elogio da ação política

O desafio da mudança passa pela política efetiva, pela disputa dos corações, das mentes – e dos votos. É o que estamos fazendo há quinze anos na América Latina, com a instalação de governos progressistas – das mais diferentes feições – e sua trajetória, pontuada de erros, vazios, contradições.


27 de abril de 2015, 21h07

Slavoj Žižek: pensata em relação ao populismo

Para filósofo, confrontamos-nos hoje com a enorme pressão do que, sem qualquer vergonha, deveríamos chamar “propaganda inimiga”. É por isso que todas as formas de resistência, do Syriza na Grécia ao Podemos em Espanha, passando pelos ditos “populismos” latino-americanos, devem contar com o nosso mais firme apoio


14 de janeiro de 2015, 14h47

Žižek: Pensar o atentado ao Charlie Hebdo

As recentes vicissitudes do fundamentalismo muçulmano confirmam o velho insight benjaminiano de que “toda ascensão do fascismo evidencia uma revolução fracassada”: a ascensão do fascismo é a falência da esquerda, mas simultaneamente uma prova de que havia potencial revolucionário, descontentamento, que a esquerda não foi capaz de mobilizar


06 de novembro de 2014, 13h58

Žižek explica discurso de ódio no Brasil

Trechos do documentário O Guia Pervertido da Ideologia, que tem o filósofo esloveno como personagem central, ajudam a discutir os episódios ocorridos durante as eleições presidenciais de 2014


26 de julho de 2014, 20h30

Žižek: O círculo de giz de Jerusalém

O conflito do Oriente Médio assumiu a feição de um sintoma neurótico: todo mundo vê a maneira de vencer o obstáculo, e contudo ninguém quer removê-lo, como se houvesse algum tipo de benefício libidinal na persistência do beco


16 de junho de 2014, 14h47

Chomsky, Galeano e Zizek exaltam o partido Podemos

Por seus ideias de montar uma nova forma política, rompendo com a lógica neoliberal do “austericídio” e das políticas ditadas pelas elites financeiras da União Europeia, o partido espanhol Podemos recebe o apoio de 30 intelectuais através de manifesto


21 de maio de 2014, 13h33

Zizek: A contradição principal da nova ordem mundial

Desde a Queda do Muro de Berlim e a ascensão do mercado global, novos muros começaram a emergir por toda a parte, separando povos e suas culturas. Talvez a própria sobrevivência da humanidade dependa da resolução dessa tensão


19 de maio de 2014, 21h58

Hora de ensinar boas maneiras aos “grandes” poderes

Estados Unidos já não são capazes de impor sua ordem. Mas como evitar que seu declínio resulte num mundo caótico? Por Slavoj Zizek | Tradução: Marília Arantes, em Outras Palavras Conhecer uma sociedade não significa apenas conhecer as suas regras explícitas. É preciso saber como aplicá-las: quando utilizá-las, quando violá-las, quando negar uma chance que nos é oferecida, […]