#Symmy Larrat

15 de julho de 2015, 11h23

“Meu gênero é feminino e eu sou mulher. A minha genitália não me faz homem”

"Não me sinto inserida, me sinto excluída, mesmo ocupando um cargo como eu ocupo”, diz Symmy Larrat, a primeira travesti a ocupar a função de coordenadora-geral de Promoção dos Direitos LGBT da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República