#“Tomada de Brasília”

11 de dezembro de 2017, 12h14

Estado mínimo é o roubo máximo

Parece uma “tomada de Brasília”. Sempre existiram lobbys na cidade, mas atualmente o aumento da presença ostensiva e a desenvoltura dos agentes de interesses privados em ação nos órgãos públicos são visíveis e comentados