#Unimed-Rio

08 de junho de 2017, 12h21

Criança morre após médica da empresa Cuidar em fim de expediente negar socorro

A profissional da saúde, que foi com a ambulância até o condomínio da família, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, alegou que seu horário de trabalho já estava no fim, rasgou o pedido e fez a ambulância dar meia volta. A criança morreu 1h30 depois.