#utopia

jornadas de junho
22 de março de 2019, 12h04

O sequestro da imaginação é a negação da política: esquerdas afônicas

Dizendo de maneira solidária e responsável, entendo que é preciso reconhecer que a capacidade das esquerdas brasileiras de imaginar o futuro foi sequestrada pela realidade. E isso nos deixa afônicos


10 de outubro de 2014, 18h34

Marinaleda: a cidade espanhola onde as pessoas vêm antes do lucro

Marinaleda é mais do que um experimento coletivo e uma “utopia socialista”, é uma maneira alternativa de vida nascida da necessidade Por Jen Wilton e Liam Barrington-Bush, em Contributoria | Reproduzido em New Internationalist | Tradução: Vinicius Gomes Ao sul da Espanha, a rua é uma sala de estar coletiva. Vibrantes cafés nas calçadas se […]


26 de dezembro de 2013, 14h16

Qual esquerda? Os dois tipos de esquerda na Europa

Há dois tipos de esquerda na França e na Europa, que não são apenas diferentes, mas irreconciliáveis. Uma esquerda oficial e uma esquerda radical


17 de novembro de 2013, 14h47

Felipe Demier: “As duas prisões de José Dirceu”

É um texto duríssimo, vale como exercício teórico, mas as críticas parecem imaginar um país sem forças conservadoras e como se a revolução dependesse apenas da vontade e mobilização dos petistas. “As duas prisões de José Dirceu” Por Felipe Demier*, via Combate Racismo ambiental 17/11/2013 “Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não terá, […]


09 de fevereiro de 2012, 14h38

Saramago e nossos moinhos de vento

No FSM, o prêmio Nobel de Literatura, falecido em 2010, trazia reflexões e questionamentos em todas as suas participações no evento de Porto Alegre. Por Edição de Renato Rovai   O livre pensar e as palavras O Fórum Social Mundial voltava a Porto Alegre, em 2005, depois de ter passado por Mumbai, na Índia, no […]


07 de novembro de 2011, 17h27

Para que serve a utopia?

Para aqueles que nunca se cansam de caminhar :) Dica valiosa das Católicas pelo direito de Decidir, via facebook “El derecho al delírio” por: Eduardo Galeano O que acham se delirarmos um pouquinho? O que acham se fixamos nossos olhos mais alem da infâmia, para imaginarmos outro mundo possível? – O ar das ruas limpo […]


15 de outubro de 2011, 10h54

O reencantamento do mundo

São muitas as utopias anunciando o que pode ser o futuro do mundo, o que podem ser as outras formas de ser, os diferentes tipos de individualidade e coletividade. Todas começam por convidar a uns e outros a soltar a imaginação, pensando o presente, relembrando o passado e imaginando o futuro