#violência no mundo

24 de fevereiro de 2015, 21h00

Anistia Internacional adverte para “espiral de violência” no mundo

De acordo com relatório anual da entidade, respostas de Estados a grupos armados têm aprofundado crise humanitárias em vez de solucioná-las. Organização pede ainda a renúncia ao direito de veto pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU em casos de genocídio e atrocidades em massa