Imprensa livre e independente
17 de maio de 2019, 20h52

Taiwan é o primeiro país da Ásia a legalizar casamento entre pessoas do mesmo sexo

Mais de 35 mil pessoas marcharam pelas ruas de Taipé até o Parlamento, pedindo aos legisladores que votassem em favor da união civil igualitária

Foto: Agência Brasil
No Dia Internacional contra a LGBTfobia, Taiwan se tornou, nesta sexta-feira (17), o primeiro país da Ásia a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Centenas de pessoas se reuniram do lado de fora do Parlamento para aguardar a votação e festejaram a decisão. A medida ocorre quase dois anos após o Tribunal Constitucional considerar que a proibição do casamento entre pessoas do mesmo sexo era inconstitucional. O Legislativo tinha até o dia 24 de maio para transformar a decisão em lei. O projeto do governo foi aprovado por 66 a 27 votos e proporcionou aos casais do mesmo...

No Dia Internacional contra a LGBTfobia, Taiwan se tornou, nesta sexta-feira (17), o primeiro país da Ásia a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Centenas de pessoas se reuniram do lado de fora do Parlamento para aguardar a votação e festejaram a decisão.

A medida ocorre quase dois anos após o Tribunal Constitucional considerar que a proibição do casamento entre pessoas do mesmo sexo era inconstitucional. O Legislativo tinha até o dia 24 de maio para transformar a decisão em lei.

O projeto do governo foi aprovado por 66 a 27 votos e proporcionou aos casais do mesmo sexo quase todos os direitos associados a um casamento, o que inclui temas como impostos, seguro e guarda de crianças. Entretanto, faltou a equiparação completa dos direitos de adoção.

Vitória

O resultado representou uma grande conquista para a comunidade LGBT. Mais de 35 mil pessoas marcharam pelas ruas de Taipé, capital do país, até o Parlamento, pedindo aos legisladores que votassem em favor da união civil igualitária.

Veja também:  Fórum Onze e Meia l Usina Bolsonaro fabrica uma crise por dia

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum