Seja Sócio Fórum
23 de março de 2019, 12h29

Temer, Moreira Franco e coronel Lima passam fim de semana sem direito a visitas

Gustavo Guedes, amigo e advogado do ex-presidente, deixou um livro sobre Winston Churchill para ser entregue a Temer

Fotos: Agência Brasil
Michel Temer (MDB), Moreira Franco e o coronel João Batista Lima Filho, amigo pessoal do ex-presidente, passam o primeiro final de semana presos no Rio de Janeiro sem direito a visitas. Gustavo Guedes, amigo e advogado da parte eleitoral de Temer, não pode vê-lo porque visitas não estão sendo permitidas nos fins de semana na Superintendência da Polícia Federal, no Centro do Rio. Guedes foi ao local neste sábado e deixou um livro, sobre Winston Churchill, para ser entregue a Temer. Na Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, onde estão Moreira e Lima, sábado...

Michel Temer (MDB), Moreira Franco e o coronel João Batista Lima Filho, amigo pessoal do ex-presidente, passam o primeiro final de semana presos no Rio de Janeiro sem direito a visitas.

Gustavo Guedes, amigo e advogado da parte eleitoral de Temer, não pode vê-lo porque visitas não estão sendo permitidas nos fins de semana na Superintendência da Polícia Federal, no Centro do Rio. Guedes foi ao local neste sábado e deixou um livro, sobre Winston Churchill, para ser entregue a Temer.

Na Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, onde estão Moreira e Lima, sábado e domingo é dia de visitas. Entretanto, eles não podem receber amigos ou parentes.

De acordo com os advogados de defesa, há um trâmite burocrático para que as carteiras de visitação sejam aprovadas. O processo pode levar até uma semana para ser concluído. Até lá, visitas só de advogados.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum