Imprensa livre e independente
03 de setembro de 2016, 10h42

Protestos contra novo governo têm caráter antidemocrático, afirma Temer

Em entrevista na China, Michel Temer alegou que as manifestações contra ele nas ruas do país são promovidas por "grupos mínimos".

Em entrevista na China, Michel Temer alegou que as manifestações contra ele nas ruas do país são promovidas por “grupos mínimos” Por Redação O presidente Michel Temer declarou neste sábado (3), em entrevista na China, que as manifestações contra seu governo têm caráter antidemocrático e são promovidas por “grupos mínimos”. Segundo ele, os protestos são inexpressivos. “As 40 pessoas que estão quebrando carro? Precisa perguntar para os 204 milhões de brasileiros e para os membros do Congresso Nacional que resolveram decretar o impeachment”, disse. Temer afirmou ser “mais do que natural” não ter apoio nesse momento, mas atribuiu o fato...

Em entrevista na China, Michel Temer alegou que as manifestações contra ele nas ruas do país são promovidas por “grupos mínimos”

Por Redação

O presidente Michel Temer declarou neste sábado (3), em entrevista na China, que as manifestações contra seu governo têm caráter antidemocrático e são promovidas por “grupos mínimos”.

Segundo ele, os protestos são inexpressivos. “As 40 pessoas que estão quebrando carro? Precisa perguntar para os 204 milhões de brasileiros e para os membros do Congresso Nacional que resolveram decretar o impeachment”, disse.

Temer afirmou ser “mais do que natural” não ter apoio nesse momento, mas atribuiu o fato ao desconhecimento da população em relação aos ocupantes da presidência e da vice-presidência. “Pacificar no primeiro dia é absolutamente impossível”, argumentou.

Foto: Lula Marques/ Agência PT

Veja também:  Carlos Lupi, presidente do PDT, visita Lula na próxima quinta-feira (23)

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum