Imprensa livre e independente
12 de janeiro de 2017, 11h51

Temer vai a Praia Grande inaugurar escola com nome de irmão

Peemedebista foi criticado por não visitar Amazonas ou Roraima, onde chacinas resultaram na morte de cerca de 100 presidiários e geraram uma crise no sistema carcerário do país.

Peemedebista foi criticado por não visitar Amazonas ou Roraima, onde chacinas resultaram na morte de cerca de 100 presidiários e geraram uma crise no sistema carcerário do país Por Redação Michel Temer estará no litoral de São Paulo nesta quinta-feira (12) para inaugurar a Escola Municipal Professor Fued Temer, que leva o nome de um de seus irmãos. A solenidade irá acontecer em Praia Grande, às 16h, segundo a assessoria do Palácio do Planalto. Questionada sobre o motivo de o colégio homenagear o irmão do presidente, a prefeitura alegou que Michel Temer tem o título de cidadão praiagrandense desde 1993, concedido...

Peemedebista foi criticado por não visitar Amazonas ou Roraima, onde chacinas resultaram na morte de cerca de 100 presidiários e geraram uma crise no sistema carcerário do país

Por Redação

Michel Temer estará no litoral de São Paulo nesta quinta-feira (12) para inaugurar a Escola Municipal Professor Fued Temer, que leva o nome de um de seus irmãos. A solenidade irá acontecer em Praia Grande, às 16h, segundo a assessoria do Palácio do Planalto.

Questionada sobre o motivo de o colégio homenagear o irmão do presidente, a prefeitura alegou que Michel Temer tem o título de cidadão praiagrandense desde 1993, concedido pelo então vereador Felipe Avelino Moraes (PMDB). Fued, já falecido, era doze anos mais velho que Temer e trabalhou com ele como advogado.

Quer viajar em 2017? Fique sócio e concorra ao sorteio da Fórum! Você pode ir pra Cuba por nossa conta!

Além desta viagem, ele esteve nesta semana em Lisboa para participar do funeral do ex-presidente português Mário Soares. A visita foi bastante criticada pelo fato de o presidente não ter ido ao Amazonas ou Roraima, onde chacinas resultaram na morte de cerca de 100 presidiários.

Veja também:  Por divergência ideológica, Bolsonaro demite Santos Cruz da Secretaria de Governo

Com informações do G1
Foto: Lula Marques/AGPT

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum