Imprensa livre e independente
15 de maio de 2019, 06h36

Tenente-coronel do Exército mantém esposa e filhos de 11 anos reféns desde a noite desta terça-feira

Policiais militares, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), atiradores de elite e militares do Exército estão no local e isolaram o prédio para negociar a liberação das vítimas ainda pela noite

Reportagem de Letícia Gasparini, no site do Jornal Extra, informa que um homem identificado como André Luiz mantém a esposa Luciana Arminda, de 45 anos, e os dois filhos gêmeos, de 11 anos, reféns desde às 20h desta terça-feira (14) em um edifício, onde moram na Rua Cerqueira Daltro, em Cascadura, na Zona Norte do Rio. Segundo um policial militar, que está no local, o suspeito é um tenente-coronel do Exército. Policiais militares, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), atiradores de elite e militares do Exército estão no local e isolaram o prédio para negociar a liberação das vítimas...

Reportagem de Letícia Gasparini, no site do Jornal Extra, informa que um homem identificado como André Luiz mantém a esposa Luciana Arminda, de 45 anos, e os dois filhos gêmeos, de 11 anos, reféns desde às 20h desta terça-feira (14) em um edifício, onde moram na Rua Cerqueira Daltro, em Cascadura, na Zona Norte do Rio. Segundo um policial militar, que está no local, o suspeito é um tenente-coronel do Exército.

Policiais militares, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), atiradores de elite e militares do Exército estão no local e isolaram o prédio para negociar a liberação das vítimas ainda pela noite.

Durante a madrugada desta quarta-feira (15), uma psicóloga e uma major da PM entraram no prédio na tentativa de liberação das vítimas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está no local.

Segundo um morador do prédio ao lado, horas antes da movimentação dos policiais ao local, a mulher do militar gritava por ajuda enquanto era agredida.

Veja também:  Repreendido mais uma vez por Paulo Guedes, Bolsonaro minimiza manifestações do dia 26

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum