Imprensa livre e independente
12 de maio de 2014, 17h59

Trans poderão usar nome social no Enem

Em 2013, estudantes travestis e transexuais passaram por constrangimentos para realizar a prova

Em 2013, estudantes travestis e transexuais passaram por constrangimentos para realizar a prova Por Redação As pessoas transexuais e travestis conseguiram mais uma conquista em 2014. Os estudantes que prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão usar seus nomes sociais em todo o processo. A lista de presença, cartão de inscrição, prova e lista de resultado constarão com o nome escolhido caso o candidato faça a solicitação. As inscrições para o exame vão do dia 12 ao dia 23 de maio, mas a prova só será realizada nos dias 8 e 9 de novembro. Para solicitar que o...

Em 2013, estudantes travestis e transexuais passaram por constrangimentos para realizar a prova

Por Redação

As pessoas transexuais e travestis conseguiram mais uma conquista em 2014. Os estudantes que prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão usar seus nomes sociais em todo o processo. A lista de presença, cartão de inscrição, prova e lista de resultado constarão com o nome escolhido caso o candidato faça a solicitação.

As inscrições para o exame vão do dia 12 ao dia 23 de maio, mas a prova só será realizada nos dias 8 e 9 de novembro. Para solicitar que o nome social seja utilizado, o candidato deve ligar para o número 0800-616161.

Em 2013, vários estudantes trans relataram constrangimentos na hora de realizar a prova, o que prejudica o rendimento. Um dos candidatos chegou a ser interrompido três vezes para passar por averiguação de dados.

Outra conquista das pessoas travestis e transexuais neste ano foi a mudança do tema da Parada do Orgulho LGBT. Após pressionar a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT), a frase que pautou o evento foi: “País Vencedor é País Sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes! Criminalização Já!”.

Veja também:  Presidente do Irã descarta diálogo com os EUA: “Não é momento de conversa, mas de resistência”

(Foto de capa: Marcello Casal/Agência Brasil)

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum