Imprensa livre e independente
10 de julho de 2018, 13h01

Trump diz que solução para imigração é que “as pessoas não venham ao meu país ilegalmente”

Trump continua insistindo na construção de um muro na fronteira com o México, mas não tem apoio da oposição do Partido Democrata no Congresso para isso

O presidente americano, Donald Trump, voltou à carga nesta terça-feira (10) contra imigrantes que entram ilegalmente nos EUA. Ao defender sua política de “fronteiras fortes”, ele disse que a solução para o problema é que “as pessoas não venham ao meu país ilegalmente”. Trump continua insistindo na construção de um muro na fronteira com o México, mas não tem apoio da oposição do Partido Democrata no Congresso para isso. “Temos leis, temos fronteiras”, insistiu Trump, voltando a dizer que pretende agir de modo duro contra os imigrantes, citando o risco da chegada de criminosos e extremistas. Trump falou pouco antes...

O presidente americano, Donald Trump, voltou à carga nesta terça-feira (10) contra imigrantes que entram ilegalmente nos EUA. Ao defender sua política de “fronteiras fortes”, ele disse que a solução para o problema é que “as pessoas não venham ao meu país ilegalmente”.

Trump continua insistindo na construção de um muro na fronteira com o México, mas não tem apoio da oposição do Partido Democrata no Congresso para isso.

“Temos leis, temos fronteiras”, insistiu Trump, voltando a dizer que pretende agir de modo duro contra os imigrantes, citando o risco da chegada de criminosos e extremistas.

Trump falou pouco antes de embarcar para uma viagem a Bruxelas, onde participa da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Mais adiante na semana, ele ainda visitará o Reino Unido.

No Twitter

Mais cedo, Trump criticou pelo Twitter o fato de que, na opinião dele, os demais aliados da Otan pagam pouco para garantir a segurança, em comparação com os EUA. Além disso, o presidente americano voltou a insistir que os países da União Europeia devem agir para equilibrar mais o comércio com os americanos.

Veja também:  Ministros garantistas podem declarar Moro suspeito em processos de Lula no STF

Com informações do Estadão Conteúdo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum