Imprensa livre e independente
10 de janeiro de 2019, 09h45

Uma semana após ser nomeado, Alecxandro Carreiro presidente da Apex deixa o cargo

Segundo reportagem da Folha, Carreiro estava realizando demissões sumárias na agência. Entre as demitidas, está Ana Seleme, mulher de Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Michel Temer, que aparece em vídeo recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina para o ex-presidente.

Reprodução
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, informou pela sua conta no Twitter nesta quarta-feira (9) que Alecxandro Carreiro deixou a presidência da Agência de Promoção de Exportações do Brasil (Apex) sete dias após receber a nomeação. Segundo reportagem de Thais Bilenky, na edição desta quinta-feira (10) da Folha de S.Paulo, Carreiro vinha demitindo sumariamente antigos funcionários para nomear aliados, sem fazer qualquer transição. Um dos primeiros atos de gestão de Alex foi a demissão de 17 funcionários – muitos com ampla experiência – sob a alegação de serem petistas. Entre as pessoas demitidas está Ana Seleme, mulher de Rodrigo Rocha...

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, informou pela sua conta no Twitter nesta quarta-feira (9) que Alecxandro Carreiro deixou a presidência da Agência de Promoção de Exportações do Brasil (Apex) sete dias após receber a nomeação.

Segundo reportagem de Thais Bilenky, na edição desta quinta-feira (10) da Folha de S.Paulo, Carreiro vinha demitindo sumariamente antigos funcionários para nomear aliados, sem fazer qualquer transição. Um dos primeiros atos de gestão de Alex foi a demissão de 17 funcionários – muitos com ampla experiência – sob a alegação de serem petistas.

Entre as pessoas demitidas está Ana Seleme, mulher de Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Michel Temer, que aparece em vídeo recebendo uma mala com R$ 500 mil em propina para o ex-presidente.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Segundo a reportagem, Carreiro preparava mais uma leva de demissões ainda nesta semana, segundo pessoas da agência. Araújo foi informado da situação, motivo de desconforto interno, e pediu moderação. Carreiro, no entanto, manteve o método. O chanceler se irritou e pediu que renunciasse.

Veja também:  Venezuela: “Um golpe contínuo”

Pelo Twitter, o ministro das Relações Exteriores anunciou o nome do embaixador Mario Vilalva como substituto no cargo.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum