16 de abril de 2018, 12h17

Uneafro lança o “Prêmio Marielle de Direitos Humanos e Educação Popular”

De acordo com Douglas Belchior, Marielle “iniciou sua trajetória num Cursinho Pré Vestibular na favela da Maré, no RJ, trabalho similar à este que Uneafro realiza”

No último sábado (14), exatos um mês da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes, a Uneafro lançou, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH USP), o “Prêmio Marielle de Direitos Humanos e Educação Popular”.

De acordo com postagem do professor de história, ativista e fundador e professor do movimento Uneafro, Douglas Belchior, Marielle “iniciou sua trajetória num Cursinho Pré Vestibular na favela da Maré, no RJ, trabalho similar à este que Uneafro realiza”.

A Uneafro, de acordo com o seu site, é uma rede de articulação e formação de jovens e adultos moradores de regiões periféricas do Brasil que se organiza em torno de núcleos: de cursinhos pré-vestibulinhos, pré-vestibulares, pré-concursos, formação para o mercado de trabalho, cursos de formação política, de gênero, antirracista, diversidade sexual, combate às drogas e aperfeiçoamento jurídico.

Neste sábado, dia 14 de Abril, exato um mês do assassinato de Marielle e Anderson, a Uneafro reuniu seus estudantes, professores e militantes na FFLCH USP, para celebrar a memória e o legado desta irmã querida, que iniciou sua trajetória num Cursinho Pré Vestibular na favela da Maré, no RJ, trabalho similar à este que Uneafro realiza.
Eternizamos sua caminhada num momento sublime de reconhecimento e amor, à pessoas que dedicam a vida para a luta do povo negro brasileiro. Lançamos o “Prêmio Marielle de Direitos Humanos e Educação Popular” e nesta primeira edição oferecemos aos mais velhos, faróis de nossa resistência: Sueli Carneiro, que tbm levou o carinho à Nilza Maria, Suelaine Carneiro, Maria Sylvia Oliveira e Solimar Carneiro, todas do Geledes. Agraciamos Milton Barbosa e Regina Lucia Santos do MNU, abraçamos Jupi Castro e Maria José Menezes do NCN USP, e festejamos Thiago Silvae Talita Gomes da Uneafro.
As imagens dizem por si.

Inesquecível!