17 de novembro de 2018, 10h59

Universidade Johns Hopkins cria “Bolsa de Estudos Marielle Franco”

Em homenagem à vereadora e ativista, assassinada no Rio de Janeiro, universidade criou bolsa de estudos para pesquisas dedicadas à justiça social e aos direitos humanos na América Latina

Foto: Reprodução/YouTube

O Programa de Estudos Latino-Americanos (LASP) da Escola de Estudos Internacionais Avançados (SAIS) da Universidade Johns Hopkins, localizada em Baltimore, Estados Unidos, criou uma bolsa de estudos chamada Marielle Franco para pesquisas dedicadas à justiça social e aos direitos humanos na América Latina. As informações são do site O Martelo de Nietzsche.

A iniciativa surgiu com o objetivo de homenagear o trabalho da ativista política, feminista e defensora dos direitos humanos Marielle Franco, vereadora filiada ao PSOL.  A bolsa de estudos será concedida anualmente para apoiar estudantes comprometidos com o avanço da justiça social, igualdade e representação política mais ampla.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Marielle Franco e o motorista Anderson Pedro Gomes foram assassinados a tiros no Rio de Janeiro, no dia 14 de março de 2018, quando a vereadora voltava de um evento na Lapa. Oito meses depois, o caso continua sendo investigado e nenhum suspeito foi preso. Recentemente, a Anistia Internacional sugeriu a criação de uma comissão externa e independente para acompanhar as investigações.