Imprensa livre e independente
05 de janeiro de 2018, 10h55

“Vai Malandra”, de Anitta, chega a 100 milhões de visualizações no YouTube

Além disso, o novo hit da cantora não para de quebrar recordes nacionais e internacionais em plataformas como Spotify e Deezer.

Além disso, o novo hit da cantora não para de quebrar recordes nacionais e internacionais em plataformas como Spotify e Deezer. Da Redação* O novo hit da cantora Anitta, “Vai Malandra” segue quebrando recordes por aí. O clipe da música acaba de alcançar 100 milhões de visualizações no YouTube. Segundo a plataforma, a marca foi ultrapassada às 14 horas desta quinta-feira (4), 17 dias depois do lançamento do clipe, o que representa um desempenho comparável ao de artistas internacionais. As informações são do blog do Lauro Jardim, de O Globo. Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do...

Além disso, o novo hit da cantora não para de quebrar recordes nacionais e internacionais em plataformas como Spotify e Deezer.

Da Redação*

O novo hit da cantora Anitta, “Vai Malandra” segue quebrando recordes por aí. O clipe da música acaba de alcançar 100 milhões de visualizações no YouTube. Segundo a plataforma, a marca foi ultrapassada às 14 horas desta quinta-feira (4), 17 dias depois do lançamento do clipe, o que representa um desempenho comparável ao de artistas internacionais. As informações são do blog do Lauro Jardim, de O Globo.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O hit “Work”, uma parceria de Rihanna com o rapper Drake, também levou 17 dias para chegar aos 100 milhões de views. O último grande sucesso de Justin Bieber, “Sorry”, alcançou a margem após 20 dias. Outros hits de Anitta já atingiram a mesma cifra, como “Sua cara”, com Pabllo Vittar, que levou 18 dias para chegar ao número. “Paradinha”, aposta da cantora no reggaeton, demorou menos de dois meses.

Veja também:  Fórum Onze e Meia | Glenn denuncia Moro e tem família ameaçada, com David Miranda

Em 2012, Michel Teló se tornou o primeiro artista brasileiro a alcançar 100 milhões de visualizações no YouTube (“Ai se eu te pego”). Desde então, nomes como Ludmilla, Luan Santana, G15 e Wesley Safadão atingiram a posição.

Atualmente, o recorde de maior agilidade para alcançar 100 milhões de visualizações no portal é de Taylor Swift. “Look What You Made Me Do” registrou os três algarismos em apenas quatro dias.

Mais recordes

“Vai Malandra” continua exterminando marcas. Depois de estrear a música direto no 49º lugar do Spotify Global, Anitta bateu novo recorde no final de 2017 e conseguiu a melhor marca de uma artista brasileira no ranking. No dia 20 de dezembro, a música pulou para o 18º lugar, se tornando a primeira música nacional entre as 20 mais tocadas no mundo, com o maior desempenho brasileiro da história do Spotify.

Outra marca representativa do novo hit de Anitta foi conquistado no Deezer. A música colocou a cantora como a artista feminina mais ouvida no serviço de streaming no mundo. Na lista das mais ouvidas na virada do ano, “Vai Malandra” lidera o primeiro top 10 do ano, registrando mais do que o dobro de streams na plataforma em relação ao segundo colocado. Além disso, o single é a quarta música maia tocada no top charts global e a cantora passa a fazer parte do top 10 de artistas globais mais ouvidas da Deezer.

Veja também:  Antes de ir ao Congresso, Glenn Greenwald diz que informações mais fortes ainda não sairam

*Com informações do blog do Lauro Jardim, do UOL e Segs

Foto: André Munhoz/Anitta/Divulgação

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum