Seja Sócio Fórum
26 de março de 2019, 18h42

“Valentão de colégio” e “Acéfalo”: O dia que Renato Cinco calou Carlos Bolsonaro

Poderia ter sido hoje, mas foi em 2014: Renato Cinco (PSOL), no plenário da Câmara dos Vereadores do Rio, disparou contra o saudosismo da família Bolsonaro com relação à ditadura militar e ainda sugeriu que Carlos Bolsonaro teria atração por pessoas do mesmo sexo: "Freud explica". Assista

Reprodução
Diante da orientação recente de Jair Bolsonaro para que os militares comemorem o aniversário do golpe de 1964 que instituiu a ditadura no Brasil, voltou a circular nas redes, nesta terça-feira (26), um vídeo de 2014 que mostra o vereador Renato Cinco (PSOL) disparando contra o vereador Carlos Bolsonaro (PSC). No plenário da Câmara municipal do Rio de Janeiro, Cinco denunciou o “discurso daquele machão troglodita”, em referência à Bolsonaro, citando o episódio em que o então deputado federal afirmou que não estupraria Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece”. Enquanto Cinco condena a atitude de Bolsonaro, Carlos, o...

Diante da orientação recente de Jair Bolsonaro para que os militares comemorem o aniversário do golpe de 1964 que instituiu a ditadura no Brasil, voltou a circular nas redes, nesta terça-feira (26), um vídeo de 2014 que mostra o vereador Renato Cinco (PSOL) disparando contra o vereador Carlos Bolsonaro (PSC).

No plenário da Câmara municipal do Rio de Janeiro, Cinco denunciou o “discurso daquele machão troglodita”, em referência à Bolsonaro, citando o episódio em que o então deputado federal afirmou que não estupraria Maria do Rosário (PT-RS) porque ela “não merece”.

Enquanto Cinco condena a atitude de Bolsonaro, Carlos, o filho, tenta se aproximar do psolista, que dispara: “Não tem capacidade intelectual e quando é desafiado reage com truculência. Tipo o vereador Carlos Bolsonaro agora agindo igual um valentão de colégio na minha direção, para tentar me intimidar. Você vai fazer o quê? Veio admirar minha beleza? Se o senhor é contra a homossexualidade, veio admirar minha beleza por que? Freud tá com razão, Freud explica sua homofobia”.

O vereador do PSOL prossegue denunciando, ainda, o saudosismo da família Bolsonaro com relação à ditadura militar.

“Essa briga entre direita e esquerda no Brasil é uma briga, basicamente, entre quem estuda contra quem é troglodita, brucutu, que se comporta dessa maneira. Coisa de gente acéfala, que não consegue fazer debate político, que defende a ditadura militar. O que eu vou esperar de alguém assim?”.

Assista.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum