Imprensa livre e independente
16 de dezembro de 2016, 19h02

Veja a linha do tempo de escândalos do governo Temer

Plataforma permite que informações das inúmeras polêmicas e denúncias dos mais de 200 dias de gestão Temer não sejam esquecidos. Acesse. Por Redação Desde que assumiu a Presidência da República no dia 12 de maio deste ano depois de um processo de impeachment mais do que duvidoso, o político Michel Temer vêm enfrentando inúmeros escândalos e polêmicas. Desde a nomeação de uma equipe ministerial composta de homens brancos até a divulgação nesta semana de delações premiadas que indicam que o atual presidente tenha negociado propina pessoalmente com executivos da empreiteira Odebrecht. Pensando nisso, um grupo de pessoas resolveram se juntar para criar...

Plataforma permite que informações das inúmeras polêmicas e denúncias dos mais de 200 dias de gestão Temer não sejam esquecidos. Acesse.

Por Redação

Desde que assumiu a Presidência da República no dia 12 de maio deste ano depois de um processo de impeachment mais do que duvidoso, o político Michel Temer vêm enfrentando inúmeros escândalos e polêmicas. Desde a nomeação de uma equipe ministerial composta de homens brancos até a divulgação nesta semana de delações premiadas que indicam que o atual presidente tenha negociado propina pessoalmente com executivos da empreiteira Odebrecht.

Pensando nisso, um grupo de pessoas resolveram se juntar para criar uma linha do tempo de todos os fatos controversos da gestão Temer. Ao todo, já são mais de 200 dias no poder e ao mesmo tempo que escândalos se acumulam  eles também são jogados para baixo do tapete.

Ao visualizar uma linha do tempo com todas essas informações reunidas é possível ter noção do tamanho e relembrar aqueles que já foram esquecidos.

Veja também:  Greve Geral contra cortes na educação e reforma da Previdência paralisa o país em 19 estados e DF

Clique aqui e acesse a plataforma

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum