10 de outubro de 2018, 14h15

Vice de Bolsonaro diz ter opiniões e não ser “anencéfalo”

“Não sou político. Aí falo o que penso”, disse o General Mourão

O general Mourão. Foto: YouTube

O General Mourão (PRTB), vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), afirmou para o blog da jornalista Andréia Sadi que tem “opiniões” e que não é “vice anencéfalo”. Em entrevista ao Jornal Nacional, o candidato à presidência desautorizou as declarações do vice, como a defesa de um autogolpe e de críticas à Constituição.

Ao blog, Mourão afirmou que “Bolsonaro foi colocado em uma emboscada”. Segundo ele, o militar estava hospitalizado e não acompanhou direito a repercussão da fala sobre o autogolpe. O vice disse que não defende um autogolpe e que é um “crítico da Constituição”. “Não sou político. Aí falo o que penso”, disse ele.

Em entrevista ao Jornal Nacional, Bolsonaro disse que seria “escravo da Constituição” caso fosse eleito. Sobre isso, Mourão disse que falou para ele proceder de acordo com sua visão. “Tenho minhas críticas. Agora, o presidente, como ele disse, é ele. Só não sou um vice anencéfalo. Tenho minhas opiniões”, afirmou.