Imprensa livre e independente
27 de março de 2019, 14h48

Vice-líder do governo, deputado do PSL diz que universidades públicas são “festas de orgias”

Em sessão da Comissão de Educação da Câmara, com a presença do ministro Ricardo Vélez-Rodriguez, Carlos Jordy (PSL/RJ) disse ainda que estudantes sabem tudo de "cultura do estupro"

O deputado processado Carlos Jordy, com Jair e Flávio Bolsonaro (Reprodução)
Usando o discurso propagado por Jair Bolsonaro (PSL) sobre o “aparelhamento ideológico de esquerda nas universidades públicas”, o deputado federal Carlos Jordy (PSL/RJ), vice-líder do governo na Câmara, falou que as instituições se tornaram “festas de orgias”. Leia também: Chamado de “fascistinha” em ato, Bolsonaro cancela visita à Mackenzie e se abriga em Comando Militar Ele afirmou que recebe uma série de denúncias vindas especialmente da Universidade Federal Fluminense (UFF). As declarações foram dadas na manhã desta quarta-feira (27), durante reunião da Comissão de Educação, com a presença do ministro Ricardo Vélez Rodriguez. A intervenção de Carlos Jordy foi marcada ainda por...

Usando o discurso propagado por Jair Bolsonaro (PSL) sobre o “aparelhamento ideológico de esquerda nas universidades públicas”, o deputado federal Carlos Jordy (PSL/RJ), vice-líder do governo na Câmara, falou que as instituições se tornaram “festas de orgias”.

Leia também: Chamado de “fascistinha” em ato, Bolsonaro cancela visita à Mackenzie e se abriga em Comando Militar

Ele afirmou que recebe uma série de denúncias vindas especialmente da Universidade Federal Fluminense (UFF). As declarações foram dadas na manhã desta quarta-feira (27), durante reunião da Comissão de Educação, com a presença do ministro Ricardo Vélez Rodriguez.

A intervenção de Carlos Jordy foi marcada ainda por colocações permeadas pelo senso comum contra o que chama de “ideologia de gênero” e contra os “métodos de Paulo Freire”.  “O aluno escreve casa com Z e não pode ser corrigido”, reclamou. Ele disse ainda que estudantes sabem tudo de “cultura do estupro”, mas desconhecem “regra de três”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Veja também:  Malditos hipócritas: a grande mídia e a investida contra Bolsonaro

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum