Imprensa livre e independente
06 de janeiro de 2019, 18h22

VIDEO: Ativista denuncia quadrilha de tráfico de bebês que seria ligada a João de Deus

"Eles (bebês) são levados em geral, por guias turísticas espirituais (mas também por funcionários/as e quadrilha) para EUA, Europa e Austrália e vendidos por 20 a 50 mil dólares", afirma Sabrina Bittencourt.

Foto: Divulgação
Em vídeo publicado em sua página no Facebook na quinta-feira (3), Sabrina Bittencourt, que mobilizou mulheres para denunciarem abusos de João de Deus denuncia uma quadrilha de tráficos de bebês ligada ao médium. “Com o fim de colaborar com a Polícia Federal, FBI e Polícia Internacional da União Europeia, na identificação das rotas de fuga de tráfico de bebês e escravidão sexual das mulheres que sistematicamente foram obrigadas e coagidas a parir e entregar estes bebês”, que faz parte da Força Tarefa Somos Muitas, que conduz investigação independente sobre abusos cometidos por líderes espirituais no Brasil. Segundo Sabrina, as crianças...

Em vídeo publicado em sua página no Facebook na quinta-feira (3), Sabrina Bittencourt, que mobilizou mulheres para denunciarem abusos de João de Deus denuncia uma quadrilha de tráficos de bebês ligada ao médium.

“Com o fim de colaborar com a Polícia Federal, FBI e Polícia Internacional da União Europeia, na identificação das rotas de fuga de tráfico de bebês e escravidão sexual das mulheres que sistematicamente foram obrigadas e coagidas a parir e entregar estes bebês”, que faz parte da Força Tarefa Somos Muitas, que conduz investigação independente sobre abusos cometidos por líderes espirituais no Brasil.

Segundo Sabrina, as crianças são vendidas por até US$ 50 mil em países da Europa. “Eles são levados em geral, por guias turísticas espirituais (mas também por funcionários/as e quadrilha) para EUA, Europa e Austrália e vendidos por 20 a 50 mil dólares”.

No vídeo, ela pede ajuda a pessoas que tenham informações e queiram denunciar – de forma anônima – ao grupo.

Assista ao vídeo.

Veja também:  Para líder do PSL, não é preciso ato para defender Bolsonaro: "Já ganhamos as eleições, já passou isso aí"

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum