09 de outubro de 2018, 07h50

VÍDEO: Bolsonaristas com placa de Marielle: “a gente vai varrer esses vagabundos. Acabou PSol, acabou PCdoB”

Candidato a governador do Rio, o juiz Wilson Witzel (PSC), filma a cena enquanto o deputado eleito Rodrigo Amorim (PSL) discursa: "vamos sentar o dedo nesses vagabundos".

Reprodução/Youtube

Em vídeo divulgado nas redes sociais de apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), Rodrigo Amorim, eleito deputado estadual pelo PSL no Rio, faz um discurso de ódio em comício e pede para Daniel Silveira, eleito deputado federal pelo PSL, pegar a placa em homenagem a Marielle Franco, que foi arrancado e quebrada pelos dois. “Pega a placa, pega a placa”. Amorim discursa: “eu e Daniel fomos lá e quebramos a placa“.

Candidato a governador do Rio, o juiz Wilson Witzel (PSC), filma a cena de cima do carro de som onde Amorim discursa. “A gente vai varrer esses vagabundos. Acabou PSol, acabou PCdoB, acabou essa porra toda. Agora é Bolsonaro!”, grita, ao coro de “mito” dos eleitores que assistem.

Antes, Daniel Silveira demonstra seu apoio a Witzel, enquanto Amorim discursa: “vamos sentar o dedo nesses vagabundos”.