09 de outubro de 2018, 07h50

VÍDEO: Bolsonaristas com placa de Marielle: “a gente vai varrer esses vagabundos. Acabou PSol, acabou PCdoB”

Candidato a governador do Rio, o juiz Wilson Witzel (PSC), filma a cena enquanto o deputado eleito Rodrigo Amorim (PSL) discursa: "vamos sentar o dedo nesses vagabundos".

Reprodução/Youtube
Em vídeo divulgado nas redes sociais de apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), Rodrigo Amorim, eleito deputado estadual pelo PSL no Rio, faz um discurso de ódio em comício e pede para Daniel Silveira, eleito deputado federal pelo PSL, pegar a placa em homenagem a Marielle Franco, que foi arrancado e quebrada pelos dois. “Pega a placa, pega a placa”. Amorim discursa: “eu e Daniel fomos lá e quebramos a placa“. Candidato a governador do Rio, o juiz Wilson Witzel (PSC), filma a cena de cima do carro de som onde Amorim discursa. “A gente vai varrer esses vagabundos. Acabou PSol,...

Em vídeo divulgado nas redes sociais de apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL), Rodrigo Amorim, eleito deputado estadual pelo PSL no Rio, faz um discurso de ódio em comício e pede para Daniel Silveira, eleito deputado federal pelo PSL, pegar a placa em homenagem a Marielle Franco, que foi arrancado e quebrada pelos dois. “Pega a placa, pega a placa”. Amorim discursa: “eu e Daniel fomos lá e quebramos a placa“.

Candidato a governador do Rio, o juiz Wilson Witzel (PSC), filma a cena de cima do carro de som onde Amorim discursa. “A gente vai varrer esses vagabundos. Acabou PSol, acabou PCdoB, acabou essa porra toda. Agora é Bolsonaro!”, grita, ao coro de “mito” dos eleitores que assistem.

Antes, Daniel Silveira demonstra seu apoio a Witzel, enquanto Amorim discursa: “vamos sentar o dedo nesses vagabundos”.