Imprensa livre e independente
01 de fevereiro de 2019, 15h03

VÍDEO: Câmera de vigilância mostra momento em que barragem se rompe em Brumadinho

Pelas cenas, é possível ver uma cortina de poeira que sobe com o estouro da estrutura e a onda com os rejeitos de minérios avançando pelo terreno. Nota-se também o movimento de veículos e pessoas em fuga. ​

Reprodução/Youtube
Um vídeo de uma câmera de vigilância em um guindaste na Mina do Córrego do Feijão gravou o avanço da lama de rejeitos nos momentos exatos após o rompimento da barragem, na última sexta-feira (25). As imagens foram reveladas nesta sexta-feira (1º) pelo canal BandNews de televisão por assinatura. Pelas cenas, é possível ver uma cortina de poeira que sobe com o estouro da estrutura e a onda com os rejeitos de minérios avançando pelo terreno. Nota-se também o movimento de veículos e pessoas em fuga. ​ A tragédia deixou ao menos 110 mortos, dos quais 71 já foram identificados....

Um vídeo de uma câmera de vigilância em um guindaste na Mina do Córrego do Feijão gravou o avanço da lama de rejeitos nos momentos exatos após o rompimento da barragem, na última sexta-feira (25). As imagens foram reveladas nesta sexta-feira (1º) pelo canal BandNews de televisão por assinatura.

Pelas cenas, é possível ver uma cortina de poeira que sobe com o estouro da estrutura e a onda com os rejeitos de minérios avançando pelo terreno. Nota-se também o movimento de veículos e pessoas em fuga. ​

A tragédia deixou ao menos 110 mortos, dos quais 71 já foram identificados. Ainda há 238 desaparecidos.

Veja também:  Olavo de Carvalho faz trocadilho com prêmio de Chico Buarque e é chamado de invejoso

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum