04 de setembro de 2018, 18h21

VÍDEO: Ciro sai em defesa de Lula e dá “aula de Direito” para Eliane Cantanhêde

Ciro, que é professor de Direito, subiu o tom contra Eliane Cantanhêde e Vera Magalhães quando as jornalistas começaram a falar do processo de Lula. "Esse país não vai se sair bem se nós, brasileiros, acharmos conveniente agredir, insultar e pior, prender quem a gente não gosta politicamente. Jornalistas, inclusive". Assista

Reprodução/Facebook

O candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, subiu o tom contra as jornalistas Eliane Cantanhêde e Vera Magalhães durante uma sabatina promovida pelo Estadão na FAAP, em São Paulo, nesta terça-feira (4).

O ex-ministro, que é professor de Direito, deu uma “aula” sobre processo penal para as jornalistas quando foi perguntado sobre o caso do ex-presidente Lula. Interrompido a todo momento, o pedetista explicou que não há provas na sentença proferida pelo Juiz Sérgio Moro que condenou o candidato do PT por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em meio às interrupções, Ciro disparou: “Sou profissional do Direito. Esse país não vai se sair bem se nós, brasileiros, acharmos conveniente agredir, insultar e pior, prender, quem a gente não gosta politicamente. Jornalistas, inclusive”.

Assista.