20 de janeiro de 2019, 15h13

VÍDEO: Paulo Pimenta vê ligação dos Bolsonaro com esquema das milícias do Rio

Líder do PT na Câmara cobra um posicionamento de Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, sobre o escândalo envolvendo Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz, e pergunta: “Onde está Dallagnol e Raquel Dodge?”

Foto: Reprodução/Vídeo O líder do PT na Câmara, deputado federal Paulo Pimenta, divulgou, neste domingo (20), um vídeo em sua página no Facebook, onde analisa o escândalo que envolve movimentações financeiras de Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Pimenta levanta a hipótese de que o montante de dinheiro que passou pela conta de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, e que agora já chega a R$ 7 milhões, pode ter ligação com as milícias do Rio de Janeiro. “Crime organizado? Milícias?”, questiona. Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba...

Foto: Reprodução/Vídeo

O líder do PT na Câmara, deputado federal Paulo Pimenta, divulgou, neste domingo (20), um vídeo em sua página no Facebook, onde analisa o escândalo que envolve movimentações financeiras de Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

Pimenta levanta a hipótese de que o montante de dinheiro que passou pela conta de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, e que agora já chega a R$ 7 milhões, pode ter ligação com as milícias do Rio de Janeiro. “Crime organizado? Milícias?”, questiona.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Para o deputado, o caso da família Bolsonaro “ganhou outra proporção”. Ele ressalta que “a denúncia é gravíssima” e lembra que o caso está relacionado com as investigações da Operação Lava Jato.

Cobrança

Por isso, cobra um posicionamento de Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, e pergunta: “Onde está Dallagnol e Raquel Dodge?”, indaga, em referência ao procurador do Ministério Público da Lava Jato e à procuradora-geral da República. “É preciso que se dê a essa investigação a mesma atenção que foi dada a outras”, ressalta.

“O País pode estar nas mãos de uma quadrilha de bandidos e isso é algo muito grave. Muito mais do que vocês podem imaginar”, completa.

Assistam ao vídeo:


Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais