Imprensa livre e independente
27 de março de 2019, 21h35

VÍDEO: Tabata Amaral enquadra Vélez e vira um dos assuntos mais comentados do Twitter

“Saio da reunião extremamente decepcionada com sua incapacidade de apresentar uma proposta. É um desrespeito, não só à Educação, não só ao ministério, não só ao Parlamento, mas ao Brasil como um todo”, disse a deputada

Foto: Reprodução/Facebook
A participação da deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) na reunião da Comissão de Educação da Câmara Federal, nesta quarta-feira (27), causou repercussão nas redes sociais e virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. A cientista social questionou com veemência o ministro Ricardo Vélez Rodríguez, que esteve no encontro para anunciar o que o Ministério da Educação fez nos três primeiros meses de gestão. Assista também: Saúde da mulher na ONU: Sâmia Bonfim indaga Ernesto Araújo, que gagueja e é defendido por Eduardo Bolsonaro Veja alguns trechos da intervenção da parlamentar “Já se passaram três meses e em um trimestre não...

A participação da deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) na reunião da Comissão de Educação da Câmara Federal, nesta quarta-feira (27), causou repercussão nas redes sociais e virou um dos assuntos mais comentados do Twitter. A cientista social questionou com veemência o ministro Ricardo Vélez Rodríguez, que esteve no encontro para anunciar o que o Ministério da Educação fez nos três primeiros meses de gestão.

Assista também: Saúde da mulher na ONU: Sâmia Bonfim indaga Ernesto Araújo, que gagueja e é defendido por Eduardo Bolsonaro

Veja alguns trechos da intervenção da parlamentar

“Já se passaram três meses e em um trimestre não é possível que o senhor apresente um “power point” com dois, três desejos para cada área da Educação. Onde estão os projetos, as metas, quem são os responsáveis? Isso não é um projeto estratégico. Isso é uma lista de desejos. Eu quero saber onde eu encontro esses projetos? Quando cada um começa a ser implementado? Quando serão entregues? Quais são os resultados esperados? São três meses e a gente consegue fazer mais do que isso.

Veja também:  Boicote à Natura nas redes por beijo lésbico vira plataforma de apoio à empresa

“Outra pergunta é sobre o aparelhamento ideológico do ministério. Eu não vou ficar discutindo fumaça. Não vou ficar falando que sou contra o ‘Escola sem Partido’. Eu sou contra, mas não acho que é isso o que importa. A gente precisa de profissionais preparados”.

“Tem uma coisa que eu aprendi nos últimos anos, como cientista política e como ativista da Educação, é que o maior desafio que a gente tem não é ficar fazendo lista de desejos. É implementar, de fato, e a gente não implementa sem um corpo preparado, sem pessoas que têm experiência”.

Leia também

Deputados pedem renúncia de Vélez: “Dignidade atacada pelo próprio governo”

Vélez Rodríguez compara Brasil atual com Colômbia de Pablo Escobar e gera revolta na Câmara

“Não dá para acreditar que uma troca tão constante no primeiro escalão, essa paralisia, vai levar ao sucesso da Educação. Nossa Educação hoje, por experiência própria, a falta que faz nas periferias, mata. Para mim, não tem coisa mais urgente do que essa. Eu esperava muito mais do senhor com três meses de trabalho”.

Veja também:  Em meio a protestos por cortes na educação, Bolsonaro viaja para os EUA

“Saio da reunião extremamente decepcionada com sua incapacidade de apresentar uma proposta, de saber dados básicos e fundamentais. É um desrespeito, não só à Educação, não só ao ministério, não só ao Parlamento, mas ao Brasil como um todo”.

Assista ao vídeo


Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum