Imprensa livre e independente
04 de janeiro de 2019, 06h24

VÍDEO: Vestindo azul, Damares Alves se irrita com vendedor que pergunta se é menino ou menina

Ministra, que protagonizou vídeo em que prega "uma nova era", se irrita e deixa a loja rapidamente após a brincadeira do lojista.

Reprodução
Após protagonizar um vídeo, após sua posse, em que comemora uma “nova era”, em que meninas vestem rosa e meninos vestem azul, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, se irritou com um vendedor em um shopping ao ser indagada se era “menino ou menina”, quando vestia uma camisa azul. O vídeo, que foi divulgado pela deputada federal Erika Kokay (PT/DF) na madrugada desta sexta-feira (4), mostra a ministra entrando na loja de um shopping acompanhada de uma assessora, quando é recebida pelo vendedor. Damares se irrita e deixa a loja rapidamente após a brincadeira do lojista....

Após protagonizar um vídeo, após sua posse, em que comemora uma “nova era”, em que meninas vestem rosa e meninos vestem azul, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, se irritou com um vendedor em um shopping ao ser indagada se era “menino ou menina”, quando vestia uma camisa azul.

O vídeo, que foi divulgado pela deputada federal Erika Kokay (PT/DF) na madrugada desta sexta-feira (4), mostra a ministra entrando na loja de um shopping acompanhada de uma assessora, quando é recebida pelo vendedor. Damares se irrita e deixa a loja rapidamente após a brincadeira do lojista.

Nesta quinta-feira (3) o vídeo em que Damares fala da “nova era” viralizou e causou revolta nas redes sociais, com várias publicações criticando a postura da ministra, que é pastora evangélica e defensora do fim da chamada “ideologia de gênero”.

“Neste governo, menina será princesa e menino será príncipe. Ninguém vai nos impedir de chamar nossas meninas de princesa e nossos meninos de príncipe”, declarou em seu discurso de posse.

Veja também:  Projeto de Lei impede cancelamento de bolsas de pesquisas em andamento

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum