Seja Sócio Fórum
26 de novembro de 2018, 11h16

Villas Bôas lembra Intentona Comunista para evitar “irmãos contra irmãos vertendo sangue”

A Intentona Comunista foi uma rebelião político-militar liderada por Luís Carlos Prestes em 1935

General Villas Bôas. Foto: Marcelo Camargo/EBC/FotosPúblicas
O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, anunciou em seu perfil do Twitter, neste domingo (25), ter determinado ao Exército que rememore “a Intentona Comunista ocorrida há 83 anos”. O objetivo, segundo o general, é evitar “irmãos contra irmãos vertendo sangue verde e amarelo em nome de uma ideologia diversionista”. Determinei ao @exercitooficial que rememorem a Intentona Comunista ocorrida há 83 anos (27 Nov 1935). Antecedentes, fatos e consequências serão apreciados para que não tenhamos nunca mais, irmãos contra irmãos vertendo sangue verde e amarelo em nome de uma ideologia diversionista pic.twitter.com/eEhm6hD9Fc — General Villas Boas (@Gen_VillasBoas) 25 de...

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, anunciou em seu perfil do Twitter, neste domingo (25), ter determinado ao Exército que rememore “a Intentona Comunista ocorrida há 83 anos”. O objetivo, segundo o general, é evitar “irmãos contra irmãos vertendo sangue verde e amarelo em nome de uma ideologia diversionista”.

“Determinei ao @exercitooficial que rememorem a Intentona Comunista ocorrida há 83 anos (27 Nov 1935). Antecedentes, fatos e consequências serão apreciados para que não tenhamos nunca mais, irmãos contra irmãos vertendo sangue verde e amarelo em nome de uma ideologia diversionista”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A Intentona Comunista

A Intentona Comunista, também conhecida como Revolta Vermelha de 35 ou Levante Comunista, é considerada uma rebelião político-militar liderada por Luís Carlos Prestes, que havia criado a Aliança Nacional Libertadora (ANL). Getúlio Vargas classificou o movimento como ilegal, o que provocou reações em quartéis de Natal, Recife e Rio de Janeiro. O governo reagiu com a força militar, o que ocasionou na morte de agentes oficiais.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já se manifestou sobre a Intentona Comunista, em discurso na Câmara em 1995. Na ocasião, ele disse que os comunistas foram derrotados em 1935 e, depois, em 1960, década que se iniciou o regime militar. Bolsonaro ainda sugeriu que o movimento persistia por meio dos trabalhadores sem-terra.

“Incansáveis, os agentes do satanismo marxista-leninista, mesmo privados de um de seus eixos de poder geopolítico, Moscou, continuam assanhadíssimos. Prova concreta disso são essas tropas, bem treinadas, municiadas, apetrechadas e muito mal disfarçadas, no movimento dos sem-terra”, disse na época.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum